5 sinais de que seu cão pode estar ficando surdo

Seu cão pode estar ficando surdo. Dogblog traz essa lista de dicas no dia Internacional da Audição, 03 de março.

03 de março – Dia Internacional da Audição

Dados recentes (2018) dão conta de que centenas de milhares de cães estão parcialmente ou completamente surdos nos Estados Unidos e esse número pode ser constatado em proporção igual em todas as partes do mundo.

As taxas de surdez variam significativamente de acordo com as raças. Os dálmatas, por exemplo, têm várias vezes mais chances de ficar surdos do que outros cães.

Como a maioria dos casos de surdez de cães é gradual, não congênita, como você pode entender alguns sinais de que seu cão pode estar perdendo a audição?

Resumimos 5 sinais indicativos que devem ser um alerta para que você procure ajuda especializada, ou seja, leve seu animal a um médico veterinário.

Fique atento aos 5 sinais abaixo

1. Não vem quando chamado

O sinal mais comum de surdez em cães é a incapacidade de ouvir comandos. A surdez geralmente começa com a incapacidade de ouvir sons agudos. Se você notou que seu cachorro está demorando mais que o habitual, exigindo que você repita os chamados, prestando menos atenção quando você chama o nome dele, ele pode estar perdendo a capacidade de ouvir. Teste para ver se o seu cão consegue responder a uma variedade de sons:

 – batendo palmas

– assobiando

– usando um clicker de adestramento

Produza o som e afaste-se, repetindo a ação. Com isso você poderá medir o grau de perda de audição, se houver.

2. Desobediência repentina

É muito fácil para os donos de cães confundirem surdez com problemas comportamentais. Um cão que sempre foi bem comportado e fácil de controlar pode parar subitamente de responder aos comandos ou exigir mais foco para chamar a atenção.

Sabendo-se que os cães seniores geralmente são acometidos por uma evolução da perda auditiva, suas reações podem ser interpretadas como uma “mania de velho”. É comum ouvirmos de tutores: “Agora que ele está ficando velho está mais rabugento e desobediente.” Existem maneiras fáceis de contornar problemas auditivos relacionados à idade, como gestos, toques e sinais manuais.

3. Aumento do reflexo de sobressalto

Cães que não conseguem ouvir bem aprendem a confiar em seus outros sentidos. O senso de toque de um cão surdo, por exemplo, aumentará. Quando essa mudança ocorre, é mais provável que os cães se assustem com um toque inesperado, uma ventania ou mesmo com a vibração de um passo em pisos de madeira. Sem a audição plena, esses estímulos podem parecer ameaçadores para eles, principalmente se estiverem dormindo. Um cão que se assusta mais do que nunca pode simplesmente estar perdendo sua capacidade de confiar em sinais auditivos.

4. Latido excessivo

Os animais regulam suas próprias vozes usando seu senso de audição. Sem uma audição mais apurada, como eles poderão saber o quão alto estão latindo? Além de gradualmente levantar suas próprias vozes em resposta à perda auditiva, alguns cães assumem que se eles não podem ouvi-lo, você não pode ouvi-los!

5. Apatia e aumento do sono

Para alguns cães, a resposta mais natural à perda auditiva é dormir mais, retirar-se da interação social e tornarem-se mais reservados. Embora esses comportamentos possam nos levar a questionar se o cão está triste, eles podem ser apenas a nova maneira de ser mais cautelosa de seu cão.

Quando sinais de envelhecimento começam a aparecer, os cães podem se sentir sobrecarregados com tantas pequenas perdas e podem lidar melhor com um isolamento. Essa mudança geralmente anda de mãos dadas com outros sintomas comuns da velhice. Converse com seu veterinário sobre as melhores maneiras de apoiar seu cão enquanto ele se ajusta ao seu novo ritmo.

O que fazer?

A surdez em cães é permanente? Nem sempre! Alguns problemas auditivos são causados ​​por condições tratáveis, como uma infecção persistente no ouvido. Se você notar que seu cão está com problemas auditivos, marque uma consulta com seu veterinário imediatamente para uma avaliação completa e para discutir